Segunda-feira, dia 24 de Setembro de 2018 - Agência de Notícias da cidade Portal do Pantanal
EVENTOS
SOCIAL
ANIVERSÁRIOS
LAZER
Caldeirão Du Carvalho
 
Júnior Mochi (PMDB)
 

"Por decisão unânime dos deputados estaduais acabo de ser reconduzido para a presidência da Assembleia Legislativa por mais dois anos.

Ao agradecer a confiança dos meus colegas quero ressaltar duas coisas: foi o apoio dos deputados que permitiu que alcançássemos conquistas importantes e a confiança que recebo agora, vou retribuir com muito mais trabalho.

Melhorar a transparência da Casa, melhorar a gestão e aproximar ainda mais o parlamento da comunidade são nossos principais compromissos a partir de agora, certo de que o sucesso será sempre resultado do trabalho conjunto".

Morte em Campo Grande, luto em Aquidauana!
 

Tristeza e dor se misturam nas duas cidades com a morte da médica Valquíria Feitosa Patrício Gomes e de seu filho João Roberto de apenas 2 anos. O fato ocorreu na noite de ontem no bairro Itanhangá em Campo Grande.

Valquíria era neta dos proprietários da antiga Relojoaria Patrício em Aquidauana e a repercussão na rede social foi imediata.

"Não acredito nesta tragédia minha irmã tao linda nessa foto. Meu sobrinho tão amável, cara de felicidade, da família unida! Te amo Valquíria, como vejo que é tarde pra te dizer isso! Te amo João", escreveu Bianca.

Segundo informações de familiares, a jovem médica Bianca estava afastada do trabalho em tratamento por conta de um quadro depressivo. Mãe e filho morreram abraçados no quarto, possivelmente asfixiados.

Os corpos foram levados para o IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) e devem ser liberado nas próximas horas. O velório será realizado no Cemitério das Palmeiras, na Avenida Tamandaré - 6934.

A foto está publicada em nossa página na rede social Facebook - Click Aqui


Fernando Cury assume AMAMSUL
 

“Hoje é um dia de especial importância para todos nós. Não só pela conquista e satisfação de dirigir a associação de magistrados do nosso Estado, mas efetivamente porque as responsabilidades e os desafios que assumimos exigirão de nós diuturna e incansável dedicação e respeito com os direitos e as prerrogativas da magistratura”.

Com essas palavras o juiz Fernando Chemin Cury iniciou o discurso de posse na presidência da Associação dos Magistrados de MS. Ele lembrou do início da entidade, seus fundadores, dos magistrados que já passaram pela presidência e falou dos desafios que a nova diretoria enfrentará.

“Sabemos que não será fácil. (...) A sociedade, o Estado e a imprensa precisam entender que medidas que enfraquecem o juiz e o Poder Judiciário são contrárias à própria população. A partir do momento que um magistrado puder ser punido porque proferiu uma decisão contra os interesses de alguém influente ou economicamente forte, quem perde é a nação, é a república, é a população que ficará refém do desmando dos poderosos e dos opressores. O Estado cai e dá lugar ao despotismo”.

Fotos: Amamsul

O vereador...
 
Wezer Lucarelli (PSDB) coordenador da equipe de transição do prefeito eleito de Aquidauana Odilon Ribeiro tomou a atitude correta ao tornar publico o bloqueio por parte do Poder Judiciário de Aquidauana de mais de 8 milhões reais para pagamento da divida com o Banco Santos que se arrasta desde 1.995.

Está claro que a próxima administação no caso do bloqueio se manter não terá facilidades para administrar Aquidauana. É com certeza uma tragédia, embora anunciada. 

Fica evidente que quando a equipe do atual prefeito diz que Aquidauana está "voando" em céu de brigadeiro e que tá tranquilo, tá favoravel, não corresponde com a verdade.

Analisando a fala do vereador Wezer Lucarelli, pode se prever um futuro sombrio, com muitas dificuldades, que poderão ser superadas com o apoio do Governo do Estado, bancada estadual e bancada federal. Aquidauana perdeu 4 anos e quero ve-la avançar.

E Aquidauana não merece, mais dos mesmos! A incompetência custa caro.

Que venha 2017! 
Quais os ...
 
Prejuízos que o empréstimo junto ao Banco Santos trouxe ao Município de Aquidauana desde que foi contraído em 1995. A divida de R$ 600.000,00 (Seiscentos mil reais) virou uma bola de neve e recursos foram bloqueados em várias gestões e a população pagou um preço alto por isso. 

Embora tenha sido contraído praticando uma série de irregularidades vai se deixar impune? 

Atualmente o bloqueio determinado pela justiça é de quase nove milhões de reais e mais Mais uma vez quem vai sofrer as consequências da inconsequência é a população de Aquidauana, pois o bloqueio pode inviabilizar a próxima gestão em quem o povo deposita ESPERANÇA! 

Vai faltar recursos para a Saúde, Educação, Social, infraestrutura e etc!

Que nos ajude a PADROEIRA, que não nos cobre o SILÊNCIO e que não "floresça" a impunidade!
Antecipado
 
A escolha do novo presidente da Assembleia Legislativa vai ocorrer no próximo dia 14 e não mais no dia 20 como era previsto. Um projeto de resolução de autoria do deputado Lídio Lopes (PEN) aprovado na Casa antecipou a data da eleição. 

Como tudo caminha para que haja um consenso em torno da reeleição de Júnior Mochi (PMDB), a escolha deve acontecer de forma tranquila e sem maiores sobressaltos. O peemedebista conseguiu manter o equilíbrio no comando da Mesa. (Conjuntura On Line)
Banco Santos! De novo?
 
Conforme consta no processo nº 0060523-85.2002.8.12.0005 o Juiz de Direito da Comarca de Aquidauana Juliano Duailibi Baungart determinou que proceda-se à  transferência dos valores depositados em subconta ao Juízo da Falência do Banco Santos S/A.

O magistrado determinou o imediato bloqueio dos créditos decorrentes da garantia contratual, qual sejam, os depósitos do ICMS e do FPM, realizados junto ao Banco do Brasil S/A e Banco Bradesco S/A (sucessor do HSBC Bank Brasil S/A).A decisão datada de 06 de outubro deste ano foi liberada nos autos digitais em 07 de novembro.

O ato foi publicado no Diário da Justiça nº 3705, do dia 01/12/2016, conforme disposto no Código de Normas da Corregedoria Geral da Justiça.
Juiz determina bloqueio...
 
Das contas da Prefeitura de Aquidauana para pagar empréstimo feito pelo prefeito José Henrique Trindade junto ao Banco Santos em 1.995. 

Manter o bloqueio será a maior tragédia que pode acontecer com a população de Aquidauana, entretanto se trata de uma tragédia anunciada e que não mereceu maior atenção por parte do Poder Publico Municipal.
Prioridade?
 
Prefeitura de Aquidauana gastou mais de R$ 14 mil reais só com a realização do evento "Encontro de Comitiva na Lagoa Comprida".

E os semáforos?
 
A empresa contratada pela Prefeitura de Aquidauana para resolver o problema dos semáforos tiveram os pagamento empenhados no dia 20/10 e as notas fiscais da empresa apresentadas pela administração do Município datam de 27/10. 

Desde então o serviço não foi executado, será que é porque não pagaram as notas emitidas?

A Prefeitura continua inerte! A empresa localizada em uma cidade no interior de Minas Gerais emitiu notas que chegam aos R$ 18.000,00 (Dezoito mil reais).

Outro coisa, foi feito Pregão Presencial ou Dispensa de Licitação? 
Se a...
 
Justiça determinar o bloqueio de quase 9 milhões da Prefeitura de Aquidauana será a maior tragédia que pode acontecer com a população da cidade. Empréstimo foi contratado sem autorização do Poder Legislativo, confirma o vereador Wezer Lucarelli.

O empréstimo foi contraído na gestão anterior do atual prefeito José Henrique Trindade.
Bronca!
 

Tem prefeito na cidade? Se tem, porque não arruma os semáforos?

Questionou o vereador Iran Resende (PSDB) na tribuna do Poder Legislativo na sessão de ontem da Câmara de Aquidauana.

Segundo...
 

O vereador Wezer Lucarelli (PSDB) o caos em Aquidauana já tem nome: Banco Santos.

Descontrole!
 
A crise está arrasando as prefeituras. A culpa é do excesso de gastos. De 2010 a 2014, a receita total das prefeituras cresceu a uma taxa média anual de 4,9%, enquanto as despesas totais cresceram 5,4%. Pior ainda é a despesa com a folha do funcionalismo, cresceu em média 6,9% ao ano. 

São dados coletados em 3.640 prefeituras no estudo "A Crise Bateu à Porta dos Municípios", realizado pela economista Sol Garson. A retração da economia, pelo terceiro ano consecutivo, afetou a arrecadação e desnudou o descompasso no avanço de receitas e despesas de todo o setor público. (Mário Sérgio Lorenzetto/Campo Grande News)
Dinheiro tem!
 
Prefeitura de Aquidauana recebeu no mês de dezembro da UNIÃO - recursos na ordem de R$ 7.356.553,59. 

Só do FPM - FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS foram R$ 3.340.220,35 e mesmo assim até o momento, a folha de pagamento do mês de novembro ainda não foi quitada em sua totalidade.
Transformações
 
Prefeitos novos e um pacotão de obras a ser lançado no início do ano pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) em Mato Grosso do Sul. Esta será a ação mais consiste do governo tucano desde sua posse, chegando à quantia de R$ 2,7 bilhões distribuídos pelos mais diversos municípios. 

Serão priorizadas as malhas, rodoviária, ferroviária e hidroviária do Estado. Com essa ação, Azambuja também pavimenta a estrada da reeleição, cujo destino final é outubro de 2018. 

(Conjuntura On Line)
Sindicância no Castelinho!
 

Zé Henrique abre sindicância para investigar servidor-cacique que liderou mobilização para defender interesses da comunidade indígena. O protesto ocorreu no dia 22 de junho deste ano em frente ao paço municipal e os índios estranharam o forte aparato policial no local.

A Comissão de Processo Administrativo Disciplinar tem por objetivo apurar possível abandono de cargo, atribuído ao servidor-cacique Célio Francelino Fialho, Vigia, matricula funcional nº 3980, lotado na Gerência Municipal de Educação.

Célio Francelino Fialho é cacique da aldeia Bananal localizada no distrito de Taunay e na eleição para a função derrotou o candidato apoiado pelo atual prefeito Zé Henrique. Célio foi empossado no dia 02 de janeiro e permanecerá no cargo de maior relevância para a comunidade indígena até 2019.

Para investigar foram designadas as servidoras Thiely Marcela Flores de Lima, Agente Administrativo, matricula funcional nº 18144; Veruska Godoy Neves, Agente Administrativo, matricula funcional nº 0770; Kátia Anderson Correa Gomes, Professora, Matricula Funcional nº 0387 conforme publicação efetuada no DOEM - Diário Oficial do Município de Aquidauana nº 627 de quinta-feira 1º de dezembro de 2016.

Ainda não conseguimos contato com o Cacique terena Célio Francelino Fialho para que possa se manifestar a respeito dos fatos.

Só para pensar!
 
Se o que está exposto aos olhos da população, o poder publico não tem interesse em resolver, imagine então o que está invisível!
No dia 16 de setembro...
 
Do ano passado (2015) foi contratado pela Prefeitura de Aquidauana uma empresa especializada para realizar a reforma do Estádio Municipal Mário Pinto de Souza (Noroeste) de Aquidauana. 

O valor do contrato foi de R$ 111.204,24 (Cento e onze mil, duzentos e quatro reais e vinte e quatro centavos. Perguntas dos desportistas de Aquidauana. 
Extrato de contrato de prestação de serviço nº 120/2015. 

A obra foi executada?

Em que período?

Se foi! Quando foi concluída

Quais foram os serviços realizados?

Qual a data em que foi assinada a ordem de serviço?

A empresa recebeu pelo serviço?

Quando foi efetuado o pagamento?

Porque o extrato do contrato só foi publicado em 16 de junho de 2016?
Em abril...
 
Deste ano, o prefeito de Aquidauana José Henrique Trindade encaminhou para a Câmara de Vereadores um Projeto de Lei que solicitava autorização para repassar ao Hospital Funrural recursos na ordem de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais). Por entender a necessidade do repasse para uma instituição que presta relevante serviço a comunidade aquidauanense, o projeto foi aprovado pelos vereadores.

No entanto neste apagar das luzes desta gestão, podemos constatar que o recurso até a presente data não foi repassado e muitas famílias enfrentam dificuldades em busca de atendimento médico neste hospital que se desdobra para minimizar os efeitos do descaso.

Até por isso que passamos a não entender o repasse "The flash" de R$ 100.000,00 (Cem mil reais) para o transporte de universitários da UEMS depois de uma mobilização dos acadêmicos em frente ao Paço Municipal. 

No caso do Hospital Regional de Aquidauana por força de um acordo judicial o prefeito Zé Henrique está sendo obrigado a repassar mensalmente algo em torno de R$ 200.000,00 (Duzentos mil reais). O que podemos constatar é que neste momento o "silêncio é ensurdecedor".

Neste caso é necessário aplaudir o poder que emanou da caneta do JUIZ.
Certo! Prefeito?
 

Quando a gente presta um serviço e é remunerado por ele não estamos fazendo nenhum favor. É obrigação!


Circulando...
 

Na rede social a foto de uma cadeira de rodas que está à disposição dos pacientes, principalmente idosos que chegam ao Pronto Socorro do Hospital Regional de Aquidauana.

Quando falam em intervenção do Governo do Estado tem gente que "chia", mas não age! Médicos estão sem receber, faltam remédios e material, etc, etc... É proibido falar em caos, descaso, negligência e inércia! 

Atual administração está um mar de rosas, ou como disse determinada liderança: céu de brigadeiro.

Tá difícil!
 
O que aconteceu com o compromisso do prefeito Zé Henrique em quitar na sexta-feria (02) o pagamento do mês de novembro de quem ganha até R$ 1.800,00 isso porque muitos assalariados ainda não conseguiram receber?

Enquanto isso na quinta-feira teve fogos de artifícios, pipoca e picolé tudo pago com dinheiro publico para tentar atrair a população para um evento de lançamento de obra na vila Fragelli em Aquidauana. Nada como habitar uma cidade sem problemas!
O problema...
 
No cruzamento da rua Joaquim Nabuco com rua dos Ferroviários em Aquidauana a muito tempo desafia nossas autoridades municipais.

No local um bueiro entupido impede o escoamento da água da chuva que acumulada no local deteriorando o pavimento, formando crateras que camufladas pela água coloca em risco ciclistas, motociclistas e motoristas. É um cruzamento movimentado e perigoso, onde acidentes graves já ocorreram.

Será um desafio para a próxima gestão pela incapacidade desta em resolver o problema?
Vamos virar a página!
 
Por iniciativa da Prefeitura de Aquidauana comerciante devidamente estabelecida na Estacão Rodoviária tem mercadoria apreendida. Fiscais apreenderam porque os produtos ficavam expostos sobre a calçada, obstruindo a via de passagem de pedestres.

O que dizer de uma gestão que anunciou a construção de calçada no entorno do Cemitério local onde deposita entulho e lixo retirado do cemitério e não fez. O pedestre caminha na rua para desviar do lixo e do brejo.

O que dizer de quem assinou ordem de serviço para terminar uma creche e nossas crianças não tem vaga. Estão fora da sala de aula. No centro em alguns pontos é preciso caminhar na rua porque mesas e cadeiras tomam conta da calçada.

O prédio da Prefeitura é zero no quesito acessibilidade. Isso tudo pode! Teria inúmeros outros exemplos, mas o alvo desta vez foi uma trabalhadora.

Isso em um momento trágico em que o mundo descobriu o verdadeiro sentido da palavra SOLIDARIEDADE. Vamos organizar? Concordo! Vamos perseguir? Discordo! Felizmente o mandato do "derrotado" está agonizando.
 Busca por data:
Aquidauana News - Junho de 2002 - Todos os direitos reservados CW Assessoria e Marketing
Editor Responsável - Wilson de Carvalho - (67) 9908-2687 - ducarvalho@terra.com.br