Quinta-feira, dia 24 de Maio de 2018 - Agência de Notícias da cidade Portal do Pantanal
EVENTOS
SOCIAL
ANIVERSÁRIOS
LAZER
09/02/2018 - 14:15
Mês do Carnaval já tem uma morte em acidente a cada 2 dias na Capital
Do início do mês até agora, o Corpo de Bombeiros realizou cerca de 109 atendimentos, deste total, 7 atropelamentos e 20 quedas de moto
 
 
 
(Foto: Miriam Machado)
Ampliar
Na manhã de segunda-feira, um motociclista morreu depois uma queda, ao passar por um buraco na rua Antônio Rahe, perto do Parque Sòter.
Fevereiro mal completou 9 dias e já tem cinco mortes no trânsito em Campo Grande. É uma vítima dos acidentes a cada dois dias. Em média, segundo o Corpo de Bombeiros, são cerca de 100 atendimentos diários nesse período.

Entre os atendimentos realizados pelo Corpo de Bombeiros, atropelamentos, colisões, quedas de moto e bicicletas são os mais comuns.  Foram sete atropelamentos e 20 quedas de moto em apenas 9 dias.

A primeira morte do mês em decorrência da violência no trânsito, foi a de Bianca Amaral Nogueira, de 3 anos, atropelada na noite do dia 3 de fevereiro, na Vila Popular - região oeste de Campo Grande. A menina faleceu no domingo (4) na Santa Casa, onde ficou internada. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Na segunda-feira (5), o motociclista Alexandre Matos Neves, 45 anos, morreu após colidir em carro e poste de energia elétrica na Rua Antônio Rahe, próximo ao Parque do Sóter, na Mata do Jacinto.

Na mesma manhã, Teodorico Júlio Henrique de 63 anos morreu após colidir a bicicleta que conduzia na traseira de um Fiat Uno, no Jardim Presidente. O idoso sofreu duas paradas cardíacas durante o socorro.

Na quarta-feira (7), Calina Guenka, 79 anos, morreu após 26 dias internada na Santa Casa. A idosa havia sido atropelada no dia 11 de janeiro, na Rua 14 de Julho, no Centro de Campo Grande, mas entrou na estatística de fevereiro.

O motociclista Thompson Flávio Martins da Silva, de 40 anos, que precisou amputar a perna após ser atingido por Fiat Siena no cruzamento das Ruas Euclides da Cunha e Bahia, no Jardim dos Estados, não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 19h30 desta quinta-feira (8), na Santa Casa. O paciente, que sofreu múltiplas fraturas, estava sedado e entubado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Hospital.

Em Mato Grosso do Sul, a corporação é dividida em CMB (Comando Metropolitano de Bombeiros), que atende Campo Grande e região, e CBI (Comando de Bombeiros do Interior), que atende os demais municípios.

Balanço de casos registrados no Sigo (Sistema Integrado de Gestão Operacional), e atendidos pelas equipes de militares, somam uma média de 109 ocorrências. A assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros pontua que o número não é exato, pois se trata de um sistema online e os números podem se alterar.
Campo Grande News
 
Curtiu o Aquidauana News?
Mais notícias
 
09 de Fevereiro de 2018
08:15
 
 
08:00
 
 
07:45
 
 
 
 
07:15
 
 
 
08 de Fevereiro de 2018
18:00
 
 
17:45
 
 
17:30
 
 
 
 
17:00
 
 
 
 
16:30
 
 
 
 
16:00
 
 
15:50
 
 
15:39
 
 
15:26
 
 
15:13
 
 
 
 
14:45
 
 
 
 
14:15
 
 
 
 
13:50
 
 
13:39
 
 
13:26
 
 
13:13
 
 
13:00
 
 
12:45
 
 
 
 
12:15
 
 
12:00
 
 
 
 
11:30
 
 
11:15
 
 
11:00
 
 
10:50
 
 
 
 
10:26
 
 
10:13
 
 
10:00
 
 
 
 
09:30
 
 
 
 
09:00
 
 
08:45
 
 
08:30
 
 
08:15
 
 
 
 
07:50
 
 
 
 
07:26
 
 
07:13
 
 
 Busca por data:
Aquidauana News - Junho de 2002 - Todos os direitos reservados CW Assessoria e Marketing
Editor Responsável - Wilson de Carvalho - (67) 9908-2687 - ducarvalho@terra.com.br