Sexta-feira, dia 25 de Maio de 2018 - Agência de Notícias da cidade Portal do Pantanal
EVENTOS
SOCIAL
ANIVERSÁRIOS
LAZER
13/02/2018 - 11:30
Homem foge de blitz, colide moto em grade e vai preso por embriaguez
Desde sexta-feira, quando começou a Operação Carnaval, 21 motoristas foram presos por embriaguez ao volante
 
 
 
Bêbado, Rafael Lira de Moraes, 23 anos, tentou fugir de uma blitz da Operação Carnaval realizada por policiais militares do Batalhão de Trânsito de Campo Grande e acabou preso após colidir a motocicleta que conduzia contra a grade do supermercado Atacadão, na Rua Harmonia, na Vila Duque de Caxias. O caso aconteceu por volta de 1h30 desta terça-feira (13). De ontem para hoje, seis motoristas foram presos por dirigir sob efeito de álcool. 

Conforme boletim de ocorrência, Rafael seguia em uma motocicleta Honda Titan preta com um passageiro, quando tentou fugir em alta velocidade da equipe que fazia blitz no cruzamento das avenidas Júlio de Castilho com a Tamandaré. Houve perseguição. Após percorrer por várias ruas, furar sinal vermelho e colocar a vida de outras pessoas em risco, Rafael perdeu controle da direção em uma curva e colidiu contra a grade. Ele não ficou ferido.

Questionado sobre a fuga, o rapaz confessou que havia consumido vodca com energético por volta da meia-noite e não obedeceu a ordem de parada porque não tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Ele não quis fazer o teste do bafômetro, mas como apresentava sinais de embriaguez foi realizado um TCE (Termo de Constatação de Embriaguez). Rafael foi autuado por conduzir sob efeito de álcool e por desobediência. A motocicleta dele com documentos atrasados foi levada para o pátio do Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

De ontem para hoje, foram presos durante durante blitze seis motoristas por dirigir sob efeito de álcool, 37 veículos foram apreendidos e levados para o pátio do Detran e 14 condutores sem habilitação. Desde sexta-feira, quando começou a Operação Carnaval, 21 motoristas foram presos por embriaguez ao volante. Todos eles foram liberados após pagar fiança arbitrada pelo delegado de plantão ou após passar por audiência de custódia no Fórum. 

Os outros flagrantes foram realizados durante as blitze - realizadas na Praça do Papa e na Júlio de Castilho - e os motoristas não se envolveram em acidentes nem em desacato aos policiais. Dirigir sob influência de álcool é infração gravíssima. Além de pagar multa no valor de R$ 2.934,70, o condutor perde o direito de dirigir por 12 meses. Em caso de reincidência, o valor dobra para R$ 5.869,40. Além da esfera administrativa, o flagrante pode resultar em prisão se a medição do etilômetro indicar mais de 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. 
Campo Grande News
 
Curtiu o Aquidauana News?
Mais notícias
 
13 de Fevereiro de 2018
08:45
 
 
 
 
08:15
 
 
 
12 de Fevereiro de 2018
11:00
 
 
10:45
 
 
10:30
 
 
 
 
10:00
 
 
09:45
 
 
09:30
 
 
 
 
09:00
 
 
08:45
 
 
 
 
08:15
 
 
 Busca por data:
Aquidauana News - Junho de 2002 - Todos os direitos reservados CW Assessoria e Marketing
Editor Responsável - Wilson de Carvalho - (67) 9908-2687 - ducarvalho@terra.com.br