Segunda-feira, dia 12 de Novembro de 2018 - Agência de Notícias da cidade Portal do Pantanal
EVENTOS
SOCIAL
ANIVERSÁRIOS
LAZER
13/09/2018 - 17:15
Nomofobia: Lei de Felipe Orro conscientiza sobre riscos de dependência
Gildo Tavares
 
 
 
Foi aprovado em segunda votação na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, na sessão desta quarta-feira, 12 de setembro, Projeto de Lei do Deputado Estadual Felipe Orro que institui campanha sobre os riscos da dependência de aparelhos de tecnologia eletrônica, denominada Nomofobia, a ser realizada nas escolas e órgãos de saúde do Estado de Mato Grosso do Sul.

A Campanha deverá ser inserida no calendário permanente de campanhas das Secretarias Estaduais de Educação e de Saúde do estado e será implementada por intermédio de ações educativas, de orientação e de conscientização, como palestras, debates, encontros, panfletagem, eventos e seminários.

Devem participar da campanha unidades de ensino e saúde da rede pública estadual, em datas a serem definidas pelas respectivas secretarias, com o intuito de informar e alertar sobre os riscos advindos desse tipo de dependência, podendo abranger entidades da sociedade civil organizada.

A dependência da tecnologia, do computador, da Internet é crescente e apesar de serem vícios socialmente aceitos, são igualmente nocivos pois alteram o comportamento das pessoas. “A grande maioria dos especialistas das áreas de saúde e psicologia acreditam que o uso excessivo das chamadas novas tecnologias tornam as pessoas mais impacientes, impulsivas e esquecidas, podendo causar danos à saúde de crianças e adolescentes”, explica Felipe Orro.

O parlamentar destaca ainda que, “estamos em uma sociedade na qual uma parte da população, se não estiver conectada pode desenvolver formas de ansiedade ou nervosismo”.

Segundo especialistas, o uso constante dos smartphones e redes sociais gera uma grande vontade de estar sempre inteirado sobre tudo o que está acontecendo. O usuário acaba ficando nervoso e impaciente, podendo desenvolver, inclusive, problemas cardíacos.

Neste contexto Felipe Orro entende que é fundamental que as pessoas saibam a forma e o modo como tais modismos operam e quais as consequências de sua prática. Divulgando para conhecimento dos usuários e familiares os problemas advindos da ausência de limites, o poder público pode coibir práticas que afetarão, certamente, a saúde da população e a paz social.
AL MS
 
Curtiu o Aquidauana News?
Mais notícias
 
13 de Setembro de 2018
07:30
 
12 de Setembro de 2018
18:00
 
 
17:45
 
 
 
 
 
 
 
 
16:45
 
 
16:30
 
 
16:15
 
 
 
 
 
 
15:45
 
 
15:30
 
 
15:15
 
 
 
 
14:45
 
 
14:30
 
 
14:15
 
 
 
 
13:45
 
 
 
 
13:15
 
 
13:00
 
 
 
 
 
 
 
 
11:45
 
 
 
 
11:15
 
 
 
 
10:45
 
 
10:30
 
 
 
 
10:00
 
 
09:45
 
 
 
 
 
 
09:00
 
 
 
 
08:30
 
 
08:15
 
 
 
 
07:45
 
 
07:30
 Busca por data:
Aquidauana News - Junho de 2002 - Todos os direitos reservados CW Assessoria e Marketing
Editor Responsável - Wilson de Carvalho - (67) 9908-2687 - ducarvalho@terra.com.br