Sexta-feira, dia 23 de Junho de 2017 - Agência de Notícias da cidade Portal do Pantanal
EVENTOS
SOCIAL
ANIVERSÁRIOS
LAZER
16/02/2017 - 11:45
Homem morto com tiro na testa tinha 24 anos e foi identificado pela mãe
 
 
 
Foi identificado como Gilson Aparecido da Silva, 38 anos, o homem encontrado morto com tiro na testa, na noite de segunda-feira (13), na rua Eva Peron, no Jardim Monte Alegre, em Campo Grande. A vítima estava sem documentação e foi identificada ontem (15) no Imol (Instituto Médico Odontológico Legal) pela mãe.

Conforme boletim de ocorrência, por volta das 22h, Gilson foi baleado com tiro na testa e morreu no local, em frente a uma conveniência. O dono do estabelecimento relatou que já havia fechado o comércio, quando ouviu o tiro e ao sair para ver o que tinha acontecido encontrou o homem caído próximo ao meio-fio. A testemunha relata que não viu o suspeito, muito menos algum veículo suspeito passando na via.

Violência - No total, seis casos de assassinatos foram registrados de segunda-feira para cá. Na segunda-feira de manhã (13), a servidora pública municipal Luciane de Freitas Souza, 43 anos, foi encontrada morta na piscina da casa onde morava, no Bairro Marcos Roberto. Segundo a polícia, a mulher foi assassinada e jogada no local. O nome do suspeito ainda não foi divulgado. No mesmo dia à noite, Gilson foi assassinado. 

No final da tarde de terça-feira (14), Aladino Leandro Benites, 23 anos, foi morto com dois tiros, sendo um na nuca e outro nas costas, no cruzamento das ruas Cecília Meireles e Rubiataba, a uma quadra da Avenida Graciliano Ramos, no bairro Aero Rancho. Os dois suspeitos de cometer o crime por vingança, adolescente de 15 anos e Matheus Arce Soares, 19 anos, foram detidos logo após o homicídio.

No mesmo dia, por volta das 23h, José Reis dos Santos, 47 anos, e José Vitorino Garcia Rodrigues, 48 anos, foram mortos esfaqueados, na Rua Abel Calarge, próximo a avenida Manoel da Costa Lima, no bairro Guanandi. O suspeito do duplo homicídio, o pedreiro Lourivaldo Francisco de Oliveira, 52 anos, foi preso em flagrante com duas facas de 30 centímetros. A motivação do crime foi uma briga por causa de terreno, segundo a polícia. 

Ontem à tarde, o corpo de Richard Alexandre, de 26 anos, foi encontrado no penhasco da cachoeira do Céuzinho, local que fica perto do Inferninho, a 800 metros da rodovia MS-080, saída para Rochedo. Três pessoas foram presas pelo crime nesta quarta-feira (15). Segundo a polícia o crime ocorreu na terça-feira (14). 
Campo Grande News
 
Curtiu o Aquidauana News?
Mais notícias
 
16 de Fevereiro de 2017
07:00
 
15 de Fevereiro de 2017
18:00
 
 
17:45
 
 
17:30
 
 
17:15
 
 
17:00
 
 
16:50
 
 
16:39
 
 
16:26
 
 
16:13
 
 
16:00
 
 
15:45
 
 
15:30
 
 
15:15
 
 
15:00
 
 
14:45
 
 
14:30
 
 
14:15
 
 
14:00
 
 
13:50
 
 
13:39
 
 
13:26
 
 
 
 
13:00
 
 
12:45
 
 
12:30
 
 
12:15
 
 
12:00
 
 
 
 
11:30
 
 
11:15
 
 
11:00
 
 
10:45
 
 
10:30
 
 
10:15
 
 
10:00
 
 
09:45
 
 
09:30
 
 
09:15
 
 
 
 
08:45
 
 
08:30
 
 
08:15
 
 
08:00
 
 
07:45
 
 
07:30
 
 
07:15
 
 
07:00
 Busca por data:
Aquidauana News - Junho de 2002 - Todos os direitos reservados CW Assessoria e Marketing
Editor Responsável - Wilson de Carvalho - (67) 9908-2687 - ducarvalho@terra.com.br